Acamop adota campanha a favor de moratória

Acamop adota campanha a favor de moratória

Compartilhe

Entidade defende a
suspenção do pagamento das dívidas públicas dos municípios para disponibilizar recursos
no combate do Coronavírus

A Acamop (Associação das Câmaras de Vereadores do Oeste do Paraná)
emitiu nota oficial defendo a moratória das dívidas públicas dos municípios da
região.

Na nota assinada pelo presidente da associação, Ronaldo Pohl, a
entidade defende a suspenção do pagamento de todas as dívidas públicas dos
municípios.

No documento a Acamop cita que “Acima de tudo, o momento é de
priorizar a saúde de todas as pessoas”  e
segue “ Para vencer o vírus, duas medidas urgentes precisam ser adotadas, o
isolamento e o fortalecimento do Estado. As pessoas necessitam ficar em
casa…. o Estado deverá adotar ações severas ao combate da doença….”.

O vereador Paulo Porto (PT) de Cascavel, defende que a atitude da
Acamop é louvável e exemplar, defendendo que os municípios façam uma moratória
nas dívidas públicas, garantindo assim dinheiro em caixa para o combate da
COVID-19. A nota diz ainda que “ A título de exemplo, Cascavel, um dos
municípios mais ricos do Oeste do Estado, a dívida pública representa 7% do
recurso da saúde, em números absolutos, o Município desembolsa 22 milhões de
reais anualmente para pagamento de dívidas.”

Para Porto, esse valor nesse momento deve ser usado no combate a
pandemia e garantir os serviços públicos para as pessoas mais vulneráveis
socialmente. “É uma medida emergencial, estamos passando por um momento
atípico, e o governo deve ser mais contundente nas decisões para garantir a saúde
das pessoas” afirma Porto. “Parabenizo a posição tomada pela Acamop, que é
bastante assertiva em relação aos recursos que os municípios necessitarão para
o combate ao Cornavírus” fala o vereador “É hora de pensar na vida das
população, a moratória é de fundamental importância par isso nesse momento”
conclui.