Levantamento aponta déficit na educação em tempo integral

Levantamento aponta déficit na educação em tempo integral

Redução de turmas matriculadas, ausência de profissionais e precariedade no atendimento. Essa é a atual realidade de um dos motes de campanha do prefeito Edgar Bueno (PDT) e das publicidades oficiais do Município: a educação em tempo integral na rede municipal de ensino. Levantamento realizado pela assessoria do vereador Paulo Porto (PCdoB) apontou para o déficit de até 50% de redução de atendimento de 2012 para 2013. 

A consulta preliminar foi feita em nove escolas municipais que prestam atendimento de educação em tempo integral por meio do contato com diretores das unidades e presidentes de APMFs (Associações de Pais, Mestres e Funcionários). Em 2012 foram 73 turmas matriculadas nas nove escolas consultadas, enquanto nesse ano houve uma redução para 65 turmas matriculadas na educação em tempo integral. Segundo o levantamento, dessas 65 turmas matriculadas, 29 delas não estariam contando com o atendimento integral.  

Uma das unidades pesquisadas é a escola Profª Dulce Siqueira Cunha, o CAIC I, do Bairro Clarito. Em 2012 eram 13 turmas matriculadas no tempo integral, enquanto esse ano houve uma redução para 11 turmas, porém destas, apenas três delas estariam funcionando em tempo integral. A situação do CAIC I motivou um ato de mães de alunos que nesta segunda-feira (18), acompanhadas do presidente da Associação dos Moradores do Clarito José Mendes, estiveram no Legislativo para entregar um manifesto pedindo apoio dos vereadores para a atual situação da unidade, que além da falha no atendimento também conta com problemas na questão de infraestrutura.

Presidente da Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Câmara, Porto fez um pronunciamento repudiando a redução no atendimento em tempo integral. “Há algumas semanas atrás falei na tribuna sobre estelionato eleitoral e fui acusado de estar exagerando, porém aquelas minhas palavras hoje estão materializadas neste ato dos pais e das lideranças do Clarito. Foi prometido educação em tempo integral de forma plena e hoje nós constatamos por meio de um levantamento a redução nesse atendimento”, disse.

Em pronunciamento, o parlamentar também questionou os recursos do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) que é destinado para cada criança matriculada em período de tempo integral. “A cada aluno matriculado no tempo integral é destinado uma porcentagem de 0,25% a mais de repasse ao município. Essas crianças têm direito a um total 1.600 mil horas aula ao ano, o que corresponde a oito horas diárias. Precisamos saber se esse repasse está sendo feito mesmo sem o atendimento integral aos alunos?”, questionou Porto, concluindo: “Recebemos a informação que professores que deveriam estar atendendo o reforço escolar e a educação em tempo integral estão atendendo turmas do ensino regular por falta de professores”. 

Além do CAIC I, do bairro Clarito, a consulta preliminar feita pela assessoria do vereador Paulo Porto apontou para problemas em outras oito unidades do Município. São elas:

– Escola Atílio Destro (Cascavel Velho): das cinco turmas matriculadas, nenhuma delas está atendendo em tempo integral;

– Escola Quintino Bocaiúva (Cataratas): das sete turmas matriculadas, duas delas não contam com atendimento;

– Escola Profª Michalina Sochodolak (Claudete): das oito turmas matriculadas, apenas duas estão com funcionamento em tempo integral;

– Escola Profª Maria Fumiko (Tarumã): redução de dez para seis turmas, todas atendendo normalmente;

– Escola Mario Pimentel de Camargo (Santos Dumont): cinco turmas matriculadas, com déficit de professores;

– Escola Edison Pietrobelli – CAIC II (Santa Cruz): redução de treze para 11 turmas matriculadas, sendo duas delas sem atendimento em tempo integral;

– Escola Artur Carlos Sartori (Santa Felicidade): seis turmas matriculadas, sem atendimento em tempo integral por falta de estagiários;

– Escola Ana Neri (14 de Novembro): seis turmas matriculadas, mas faltam funcionários.

IMG_8899

Crédito fotos: Júlio Carignano