Porto faz indicações para minimizar danos à população mais vulnerável

Porto faz indicações para minimizar danos à população mais vulnerável

Compartilhe

Conjunto de ações encaminhadas ao prefeito Paranhos busca garantir dignidade aos grupos de risco social e econômico no momento de pandemia

O Brasil já esta entre os primeiros lugares no mundo em número de casos de Covid-19, em Cascavel já são mais de 100 casos confirmados e quatro mortes. Ainda não chegamos ao ponto máximo da curva de contaminação e nem de mortos, segundo especialistas, muito pela antecipação que alguns gestores deram no controle da pandemia. Porém, esse controle foi flexibilizado, o isolamento social relaxado e o comércio voltou a funcionar quase que normalmente em muitos lugares do país. Cascavel seguiu esse modelo, flexibilizando o isolamento social e relaxando na fiscalização.

O resultado que essa política de flexibilização pode provocar, principalmente com as pessoas mais vulneráveis do município nesse momento de crise sanitária e crise econômica em virtude da pandemia é preocupante. Por isso o vereador Paulo Porto (PT) fez indicações de medidas para que a prefeitura implante e garanta qualidade de vida para essas pessoas.

São 13 indicações que contemplam as áreas como Cultura, Economia, Saúde e Assistência Social.

Cultura

Para a cultura Paulo Porto indica para a prefeitura a manutenção do funcionamento dos equipamentos culturais em modo virtual; a criação de um Fundo Emergencial de apoio às iniciativas culturais; o pagamento de um cachê de sustentabilidade básica aos profissionais da cultura; lançamento de editais de exibições artísticas, que contemple todas as linguagens artísticas e de oficinas de criação, produção e técnicas artísticas e culturais em ambiente virtual; a criação de um Festival de Cultura Virtual, que contemple todas as linguagens artísticas, com remuneração dos artistas e profissionais envolvidos;

Economia

Na economia são indicadas pelo vereador ações como a adiamento dos prazos de recolhimento de impostos e taxas municipais para microempreendedores individuais, microempresas, empresas de pequeno porte e profissionais autônomos; se verifique junto aos bancos a suspensão da cobrança de juros e encargos de parcelas dos empréstimos consignados feitos por funcionários públicos municipais, já que as parcelas ficaram suspensas.

Assistência Social

Para diminuir os impactos da pandemia na assistência Porto indica a criação de campanhas sociais para arrecadar cestas básicas, produtos de higiene e limpeza e cobertores para destinar aos trabalhadores autônomos de baixa renda, como ambulantes, diaristas, artistas de rua, catadores de materiais recicláveis, pessoas em situação de rua e outros mais afetados; destinação de uma renda básica emergencial para os trabalhadores autônomos de baixa renda, como ambulantes, diaristas, artistas de rua, catadores de materiais recicláveis, pessoas em situação de rua e outros mais afetados; apresentação de um plano de atendimentos as pessoas em situação de rua que contemple a doação de alimentos, materiais de higiene, álcool gel a 70% e máscaras, disponibilização dos equipamentos públicos que forem necessários para o acolhimento, cuidado e orientações a essas pessoas;

Saúde e prevenção

Para a saúde e prevenção é indicado que a prefeitura promova a circulação de carros/motos/bicicletas de som com orientações sobre a Covid-19 nos bairros de Cascavel; faça a aquisição urgente de EPIs e álcool gel a 70% para que as Unidades Básicas de Saúde voltem a funcionar em sua integralidade; a utilização dos recursos previstos no orçamento de 2020 para eventos e publicidade com ações de prevenção e enfrentamento a Covid-19.

Paulo Porto compreende os impactos causados pela COVID-19 e que muitas pessoas estão passando por dificuldades financeiras e de assistência nesse período, “ As indicações propostas têm o objetivo de sugerir medidas aos mais diversos setores sociais, para minimizar as dificuldades que estão sendo enfrentadas pelos mais vulneráveis” afirma Porto.