Quiosques: Porto Cobra Repostas Por Parte Do Executivo

Na manhã desta segunda-feira (01.07) o vereador Paulo Porto desaprovou a falta de explicações da Prefeitura em relação ao projeto de lei nº47/2019, que autoriza a concessão de direito de uso, a título oneroso, mediante licitação para exploração de quiosques comerciais na localizados na Avenida Brasil.

O Projeto, que já teve pedido de vista anteriormente, na semana teve votação adiada pelos vereadores e voltou a sessão nesta segunta-feira sem que houvesse nenhum diálogo entre Prefeitura e Câmara de Vereadores.

“Quando o vereador pede o adiamento é sinal inequívoco que ele quer debater com o Executivo porque ele tem dúvidas, ele quer entender o projeto para se posicionar”, aponta Paulo Porto.

Porto, que votou contra o projeto, justifica que “não votou contra os quiosques, mas em defesa de prerrogativas fundamentais à Câmara de Vereadores, entre elas o direito a ter seus questionamentos respondidos pelo executivo”.